O Voo de Ícaro.

por Ricardo Dih Ribeiro

“Contam que o engenhoso arquiteto Dédalus construiu para ele e seu filho asas de
penas coladas com cera e assim fugiram do labirinto de Creta onde foram
deixados para morrer pelo rei Minos. Deslumbrado em poder voar, Ícaro cruzou a
liberdade do ar e subiu cada vez mais alto na direção do sol, até que a cera de suas
asas derreteu e ele caiu para a morte no mar Egeu. Homens e mulheres
lamentaram a imprudência do jovem, mas enquanto durou o voo, com certeza não
houve no mundo alguém mais feliz nem ninguém voou tão perto do sol!”

– Luis Alberto de Abreu, O Primeiro Voo de Ícaro.

You may also like

Enviar comentário